Maria Rachel Coelho: Cidadania e justiça!

Eventos

PROFESSORA MARIA RACHEL COELHO DISCUTE PRÉ-SAL EM SALVADOR
27/09/2009

PROFESSORA MARIA RACHEL COELHO DO PDT-RJ INICIA O PRIMEIRO DEBATE EM SALVADOR SOBRE O ASSUNTO MAIS IMPORTANTE DO MOMENTO: A DEFESA DO PRÉ-SAL.

Começou oficialmente o primeiro curso de formação política da Fundação e da Universidade Leonel Brizola, na cidade de Salvador. O Primeiro Ciclo de Palestras do Partido Democrático Trabalhista foi iniciado com um debate sobre o Pré-sal, e realizou-se no Centro Cultural da Câmara Municipal, no dia 25 de setembro. Foi uma iniciativa da Professora Maria Rachel Coelho com o apoio do PDT.

Foi didaticamente explicado como se forma a camada de pré-sal até a questão do nosso marco regulatório, a preocupação na elaboração de um marco regulatório que minimamente preserva a soberania nacional.

Que o ideal seria o restabelecimento do monopólio estatal do petróleo, retirando daqui as garras das multinacionais conhecidas, que insistem em subordinar aos seus interesses o interesse do povo brasileiro. Não podemos continuar entregando à iniciativa privada, e à iniciativa privada internacional, o controle de nossas jazidas.

A Professora Maria Rachel Coelho falou da importância de continuar o debate de idéias dentro do PDT:

...” hoje, um dos mais graves problemas da política brasileira, além da corrupção, é a falta de capacidade que os partidos tem de serem escola. Alguns partidos, além de terem perdido suas identidades, são pragmáticos e imediatistas. O PDT se mantém como a escola do povo, nós continuamos trabalhando a teoria e a concretização dessas idéias a longo prazo. O PDT é o partido da educação, e só através dela será possível a emancipação do povo”...



Maria Rachel Coelho foi ovacionada pelo auditório quando se disse satisfeita em ver tantos negros num evento: ...” É meu primeiro evento com essa quantidade de negros. Vamos deixar de lado a hipocrisia, quantos negros temos no senado além do senador Paulo Paim e do suplente do Senador Cristovam Buarque? Um negro no Supremo Tribunal Federal. Essa não é a cara do Brasil! Temos que completar essa abolição, dando escolas de qualidade para os filhos dos negros igual a dos filhos dos brancos"...