Maria Rachel Coelho: Cidadania e justiça!

Artigos

Orientações para um consumo consciente!
Maria Rachel Coelho Pereira - 02/06/2011

Cuidados para o consumidor no Dia dos namorados afinal o amor pode durar para sempre mas a vida no planeta, não!


O dia dos Namorados está chegando. Como muitas datas do nosso calendário, esta também foi criada para movimentar o comércio de forma a dar às pessoas motivos para consumir. Sempre recomendamos que os consumidores sejam mais comedidos nas compras nesses períodos de datas comemorativas. Sabemos que o consumo é importante e movimenta a sociedade de uma forma geral: venda gera empregos no comércio e na indústria que produz os itens que consumimos. Não podemos negar, afinal, emprego e renda e melhores oportunidades de vida para todos.
Contudo, somos incentivados a consumir DEMAIS. A consumir exageradamente e o que não precisamos, a descartar constantemente tudo o que temos para comprar novos.

Um exemplo constante do marketing de consumo achamos nos celulares. Você acaba de comprar um aparelho e poucos dias depois já existem outros modelos daquela marca. Mas se o seu continua funcionando bem por que se endividar e trocar de aparelho? Por que não dar outros significados a essas datas e curtí-las de forma diferente, ecologicamente correta e sem consumo exagerado ou desenfreado? Afinal, não é o valor do presente que importa mas o carinho que damos a pessoa amada.

Podemos consumir com consciência, dando uma poesia de presente, um vaso de flores que não morrerão tão rápido, um livro diferente, uma carta, uma fotografia num lindo porta-retratos, um desenho que fazemos, um passeio diferente, um encontro de família, uma música, um piquenique, um passeio de bicicleta, presentes que tenham sido feitos de matéria reciclada e que agridam menos o meio ambiente que é nossos habitat e nossa vida depende do bem estar dele.

Consumir conscientemente não é deixar de consumir, mas consumir com coisas que gerem menos lixo, que este lixo seja corretamente destinado, que não compremos coisas apenas por status, que passemos a valorizar o que nos faz felizes de dentro para fora e não de fora para dentro.
Não deixe o amor passar mas também não se deixe enganar!
Nas compras chamamos atenção para alguns aspectos importantes:

- Evite financiamentos, compre à vista! Ou, se o parcelamento for inevitável, não faça parcelamentos com acréscimo de juros.

- Cuidado com as promoções. Lembre-se desta máxima do capitalismo: quanto maior a procura, maior o preço, importa dizer que o momento de as lojas fazerem promoções que de fato reduzam os seus preços não é na época de grandes vendas, como para o Dia dos Namorados.
- Verifique se a loja aceita a troca do presente e o prazo. E não esqueça de exigir a nota fiscal.
- Na noite do dia 12 as filas em restaurantes e motéis são quilométricas, para evitar o constrangimento de a sua noite se tornar um caos, faça reserva com antecedência se o estabelecimento permitir.

Há inúmeros relatos de eventos especiais em hotéis e restaurantes para o Dia dos Namorados resultarem em ações judiciais, pelo péssimo serviço oferecido, por conta do excesso de pessoas. Infelizmente, ainda existem empresários que se empolgam com as vendas de ingressos e vendem acima da capacidade. Muito cuidado, portanto, ao escolher o local de sua comemoração e guarde folders, material publicitário e fotografe (use o celular) o local, caso tenha algum contratempo.

Feliz dia dos namorados!


Fonte: http://www.procon.rj.gov.br/educacao.html

[Voltar à página anterior]